Vamos rezar juntos, deixe seu pedido de oração.

HOMILIA DIÁRIA - PAPA FRANCISCO

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Setembro mês da Bíblia - Frei Geraldo Bezerra

Amados irmãos e irmãs em Cristo, chegamos mais uma vez ao mês de setembro, que é dedicado a Bíblia, não que seja o mês especial para meditar, celebrar, ler e viver a Palavra, mas, o mês por excelência de refletir mais profundamente sobre a Missão na Bíblia e a Bíblia na Missão” e redescobrir o lugar de Deus na ação evangelizadora da Igreja neste tempo em mudança.

Frei Carlos Mesters, de forma muito simples e profunda fala sobre a Bíblia que deve estar no coração, na mão e na missão, (título de um dos seus livros). Logo percebemos que Bíblia é um livro que se mistura com a vida a vida se mistura com ela. Pensar missão é pensar Bíblia, do contrário não é missão de Deus.

Podemos pensar na metáfora do deserto de João Batista quando pregou preparando os caminhos do Senhor. (Mc 1,1-8)


Somos convocados a olhar à realidade a partir da mística, profecia e missão do profeta Miquéias que viveu num contexto politico, religioso, cultural e social muito desafiador provavelmente entre os anos 725 a 701 a.C. O livro do profeta nos inspira a olhar sobre a realidade atual e enxergar com os olhos de Deus o cenário mundial marcado por inúmeras realidades; migração, sofrimento, estrangulamento dos sistemas e empoderamento de uma forte ideologia de uma politização colonialista globalizada que cada vez mais, exclui mesmo que aparentemente, esteja incluindo, na realidade, o que assistimos nos últimos tempos, são as fronteiras se rompendo e o aumento dos rostos diversos de pobreza espalhados no planeta enquanto uma minoria goza sobre a miséria de milhões de pessoas que são todos os dias incluídas num sistema perverso de inclusão.

As guerras do tempo de Miquéias, são reproduzidas hoje com nova roupagem, mas, a questão sempre a mesma, a ganância pelo poder, levando ao sofrimento milhares de inocentes, enquanto os impérios se fortalecem uma multidão é ferida e excluída impiedosamente.

Temos a missão de resgatar a esperança da multidão banida pelas rodas sociais, religiosas, políticas, culturais... Devemos reconduzir o coração dos filhos ao Pai como fê-lo o profeta Elias.

A Missão que nasce no chão da Sagrada Escritura, deve ser antes de tudo, uma missão libertadora, pois, nasce do combate com as forças contrárias ao projeto de Deus libertador dos oprimidos (as).

Uma missão em saída rumo às periferias existenciais, lá onde a vida é ameaçada...

Enraizar a missão da Igreja na Tradição bíblica é correr o risco de ser crucificado, ter o mesmo destino do Mestre, que consumou sua missão no alto do calvário, recebendo a coroa de espinhos e cusparadas, todo tipo de humilhação.

Qual o lugar que a Palavra ocupa na missão que assumimos e quais o impactos positivos e negativos que a missão causa na vida das pessoas e instituições?

Frei Geraldo Bezerra de Sousa, OC
Mestrando em Missiologia pelo ITESP (Instituto Teológico São Paulo)

Referências:
NAKANOSE, Shigeyuki, Bíblia Pastoral; introdução ao livro do profeta Miquéias, Brasília, 2013, Paulus
MESTERS, C, A Bíblia no coração, na mãe a na missão; aprofundamento bíblico, Província Santa Teresa de Liseux, Uberaba, MG, 2002 - 2004

Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ajude-nos a melhorar nossa evangelização, deixe seu comentário. Lembre-se, no seu comentário, de usar as palavras orientadas pelo amor cristão.

CATEQUESE CRISTÃ CATÓLICA
"Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica"