Vamos rezar juntos, deixe seu pedido de oração.

HOMILIA DIÁRIA - PAPA FRANCISCO

quinta-feira, 25 de maio de 2017

A Missão é Amor - Frei Geraldo Bezerra

O Magistério da Igreja à luz do Concílio Vaticano II colocou a Igreja numa nova perspectiva missionária com a constituição dogmática Lumen Gentium, com alguns indicativos para um novo olhar sobre a realidade missionária entre os povos. A Igreja é chamada a ser luz entre as nações, comunicar a mensagem com clareza, a partir da linguagem de cada povo e cultura.

Já o Decreto sobre a Missão da Igreja, nos propõe a missão ad gentes, ir aos povos e regiões que ainda não conhecem Jesus, torna-los participantes da mesma fé em Jesus Cristo.

Há uma urgente necessidade de se conhecer mais profundamente os ensinamentos da Igreja sobre a Missão que Deus lhe confiou ao longo da história da salvação, como se compreendeu e se praticou tal missão entre os diversos povos? 

As páginas da história não nos enganam, do contrário, nos adverte a repensar nossos critérios na ação missionária. Corremos o risco de pensar e viver a missão a partir de método colonizador, no intuito de transplantar um modelo de Igreja e achatar experiências de um povo, até negar a riqueza espiritual e religiosa dos povos.

Pensar a Missão à luz da Palavra de Deus é uma possibilidade de abrir novos horizontes na compreensão da misio Dei, redescobrir que Deus é Amor, logo a Missão é Amor.

O teólogo, Padre Paulo Suess, fala da Missão a partir da misericórdia, uma missão capaz de transformar realidades, mentalidade, corações. Uma missão impulsionada pela misericórdia que leva até as periferias existenciais apresentada na exortação pontifical do Papa Francisco.

Uma Missão pensada a partir do princípio da caridade não tem medo de ir além do que é visto e tido como normal, quebra paradigmas e apresenta o novo paradigma da missão, Jesus Cristo, sugerido pelo grande missiólogo do Século XX Dr. David Bosch, teólogo protestante, no seu livro Missão Transformadora.

Os especialistas em exegese bíblica nos oferecem alguns recursos para melhor redefinir a missão como AMOR, VIDA...

Esses dias, vivenciando uma rica e profunda experiência missionária no interior da Paraíba numa pequena cidade, São José de Princesa, lugar muito singelo, visitando mais de 500 famílias, tive a oportunidade de conversar com várias pessoas de faixas etárias diferenciadas, o belo, é a visão que cada pessoa tem sobre Deus, Missão, Vida, Política, Cultura... Digo, foi um verdadeiro laboratório de missiologia que confirma a veracidade da missão a partir do Magistério. Missão é muito mais do que um simples atos de fé, é experiência profunda de encontro com Deus que estar nas estradas, nas praças, nas roças, nas subidas e descidas das ladeiras e montes.

Nossa primeira etapa missionária nos conduziu por caminhos diferentes, desde a cidade até a zona rural, nos encontros com pessoas de diversas categorias religiosas. Novos desafios surgiram para a missão que é amor. Questionamentos vieram de cada realidade concreta da vida do povo. Inquietações, muitos outros sentimentos.

É tempo de recomeçar, de partir de novo não cortando quilômetros e atravessando os oceanos, mas, descendo às periferias existenciais da nossa própria existência para entendermos melhor as periferias existenciais de cada pessoa que somos enviados (as) para anunciar a boa notícia.

Aposto na formação de novas lideranças missionárias, aposto na riqueza das experiências vividas nas comunidades. A Missão é antes de tudo experiência, do contrário se transforma numa missão erudita desprovida da experiência concreta do encontro pessoal com Jesus Cristo.

Dom Eraldo, nosso bispo diocesano aqui da Diocese de Patos-PB, em sua visita à Paróquia N. Sra. do Bom Conselho confiada aos frades carmelitas, falando aos jovens, destacou três pontos significativos: Experiência Religiosa, sem aprofundamento para vivência da fé e compromisso missionário; o encontro pessoal com Jesus, experiência forte que gera compromisso missionária; o Amor a partir do Crucificado, que gera entrega total até às últimas consequências (18 de maio de 2017 - quadra do Colégio N Sra. do Bom Conselho, Princesa Isabel, PB) depois de ler, reflita sobre a missão a partir do seu conceito, depois, tente rever alguns conceitos a partir d Magistério da Igreja, dos teólogos como também das experiências vividas nas comunidades, urbanas rurais.

Frei Geraldo Bezerra de Sousa, OC
Dimensão Missionária, Forania de Princesa Isabel, Diocese de Patos, PB

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: https://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ajude-nos a melhorar nossa evangelização, deixe seu comentário. Lembre-se, no seu comentário, de usar as palavras orientadas pelo amor cristão.

CATEQUESE CRISTÃ CATÓLICA
"Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica"