domingo, 12 de novembro de 2017

Ano Nacional do Laicato - Frei Geraldo

O Ano de laicato! Leigos e leigas para uma Igreja em saída...

No próximo dia 26 de novembro em sintonia com a Igreja no Brasil estaremos iniciando o Ano do Laicato em nossas dioceses, paróquias e comunidades, como também na Vida Consagrada Religiosa, considerando a presença forte de leigos e leigas nas várias instituições de vida consagrada.

A Igreja do Brasil deseja ardentemente resgatar a consciência de uma Igreja povo de Deus que atua na sociedade marcada por grandes fragilidades.

Acabamos de celebrar em 2015 os 50 anos do grande evento eclesial que marcou profundamente a Igreja colocando-a num processo de transformação e renovação de conceitos e conteúdos. 

De uma Igreja hierárquica o Concílio propõe uma Igreja Povo de Deus, dando a cada cristão a dignidade de ser Igreja através do batismo que gera cristãos e cristãs comprometidos com o Reino de Deus. A própria constituição dogmática LG já nos autoriza falar do papel primordial da Igreja no Mundo moderno, uma Igreja que sai da auto-referencialidade para dialogar com o mundo em permanente transformação e também aprender novas lições com os outros.

O Ano do leigo vem confirmar a veracidade do Batismo que concede dignidade a cada cristão para atuar na Igreja e na sociedade como homens e mulheres assinalados na fronte com o óleo que proporciona a força de Cristo em cada batizado, para viver a missão de anunciar a Boa Nova do Reino no Mundo onde estar inserido com todos os seus desafios.

Este ano vem precedido por alguns cenários que marcaram e marcam a caminhada da Igreja pós conciliar:

A Conferência de Medellín, que foi celebrada em 1968 que nos convida a celebrar o seu jubileu de 50 anos em 2018. As sucessivas Conferências do Episcopado latino americano, além dos 30 anos da exortação Pós sinodal do Papa João Paulo II Christifideles Laici (Santo João Paulo II) em 1988 que já tratava da missão dos leigos e leigas na Igreja e no mundo, esta exortação trazia as marcas do Concílio Vaticano II que no seu ensinamento fala da missão dos leigos de forma muito positiva.

Entendo este ano do laicato como uma grande oportunidade de avançar na reflexão e na vivência de uma Igreja sujeito da missão evangelizadora nos vários areópagos como o santo João Paulo II afirmava na Encíclica a Missão do Redentor, e atualmente o Papa Francisco denomina de periferias existenciais na sua exortação pontifical a EG. sugerindo uma Igreja em saída, que se envolve com os sofrimentos e angustias da humanidade.

O Sagrado Magistério do Episcopado da América Latina e Caribe aponta para os desafios da missão no mundo e abre novos horizontes para se compreender o leigo como sujeito da missão transformadora na Igreja e no mundo atual.

Caminhemos juntos em meio às luzes e sombras do tempo presente, mas, sempre entusiasmados na fé como expressão do encontro com Jesus Cristo, como bem nos falou o Papa Bento XVI no Ano da Fé - 2011/12, "a fé é o encontro com um Projeto, uma pessoa (Jesus Cristo), não é uma ideologia".

Peçamos a Virgem Maria mãe da humanidade que nos fortaleça na missão de sermos sujeitos transformadores como o sal que dá sabor e a luz que ilumina as noites escuras. Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e Luz do mundo. Mt 5,13-14) Doc 105 da CNBB.

Minha gratidão pela oportunidade que vocês me concedem para partilhar minhas reflexões, Deus vos abençoe e vos guarde de todos os perigos.

Frei Geraldo Bezerra de Sousa, OC
Missionário Carmelita

Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: https://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ajude-nos a melhorar nossa evangelização, deixe seu comentário. Lembre-se, no seu comentário, de usar as palavras orientadas pelo amor cristão.

CATEQUESE CRISTÃ CATÓLICA
"Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica"