Vamos rezar juntos, deixe seu pedido de oração.

HOMILIA DIÁRIA - PAPA FRANCISCO

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Via Sacra - Santo Afonso Maria Ligório

O caminho da Cruz: Ajoelha-te ante o altar, fazei um Ato de Contrição, e faz a intenção de ganhar as indulgências para vosso bem, ou para as almas no purgatório.

Depois dizei: Senhor meu Jesus Cristo, Vós percorrestes com tão grande amor este caminho para morrer por mim, e eu vos tenho ofendido tantas vezes apartando-me de Vós pelo pecado; mas agora vos amo com todo meu coração, e porque vos amo, me arrependo sinceramente de todas as ofensas que vos tenho feito. Perdoai-me, Senhor, e permite-me que vos acompanhe nesta viagem. Vais morrer por meu amor, pois eu também quero viver e morrer pelo vosso, amado Redentor meu. Sim, Jesus meu, quero viver sempre e morrer unido a Vós.

Primeira estação:
Jesus é condenado à morte.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.


Considera como Jesus, depois de haver sido açoitado e coroado de espinhos, foi injustamente sentenciado por Pilatos a morrer crucificado. (Aqui se faz uma pequena pausa para considerar brevemente o mistério, e o mesmo nas demais estações)

Adorado Jesus meu, meus pecados foram maiores dos que de Pilatos, dos que vos sentenciaram a morte. Pelos méritos deste doloroso passo, vos suplico me assistais no caminho que vai recorrendo minha alma para a eternidade.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Segunda estação:
Jesus levando a cruz às costas.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como Jesus, andando neste caminho com a cruz a costas, ia pensando em Vós e oferecendo a seu Pai por vossa salvação a morte que ia padecer.

Amabilíssimo Jesus meu, abraço todas as tribulações que me tens destinadas até a morte, e vos rogo, pelos méritos da pena que sofrestes levando vossa Cruz, me deis força para levar a minha com perfeita paciência e resignação.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Terceira estação:
Jesus cai pela primeira vez.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera esta primeira queda de Jesus debaixo da Cruz. Suas carnes estavam despedaçadas pelos açoites; sua cabeça coroada de espinhos, e havia já derramado muito sangue, pelo qual estava tão frágil, que apenas podia caminhar; levava ao mesmo tempo aquele enorme peso sobre seus ombros e os soldados lhe empurravam; de modo que muitas vezes desfaleceu e caiu neste caminho.

Amado Jesus meu, mais que o peso da Cruz, são meus pecados os que Vos fazem sofrer tantas penas.
Pelos méritos desta primeira queda, livrai-me de cair em pecado mortal.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Quarta estação:
Encontro de Jesus com Sua Mãe Santíssima.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera o encontro do Filho com sua Mãe neste caminho. Se olharam mutuamente Jesus e Maria, e seus olhares foram outras tantas flechas que traspassaram seus amantes corações.

Amantíssimo Jesus meu, pela pena que experimentastes neste encontro, concedei-me a graça de ser verdadeiro devoto de vossa Santíssima Mãe. E Vós, minha aflita Rainha, que fostes abrumada de dor, alcançai-me com vossa intercessão uma continua e amorosa memória da Paixão de vosso Filho.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Quinta estação:
Jesus ajudado por Simão Cirineu a levar a Cruz.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como os judeus, ao ver que Jesus ia desfalecendo cada vez mais, temeram que Ele morresse no caminho e, como desejavam vê-lo morrer da morte infame de Cruz, obrigaram a Simão o Cireneu a que lhe ajudasse a levar aquele pesado madeiro.

Dulcíssimo Jesus meu, não quero recusar a Cruz, como o fez o Cireneu, antes bem a aceito e a abraço; aceito em particular a morte que tenhais destinada para mim, com todas as penas que a tem de acompanhar, a uno a vossa, e Vos a ofereço. Vós haveis querido morrer por meu amor, eu quero morrer pelo vosso; ajudai-me com vossa graça.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Sexta estação:
A piedosa Verônica enxuga o rosto de Jesus.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como a devota mulher Verônica, ao ver a Jesus tão fatigado e com o rosto banhado em suor e sangue, lhe ofereceu um lenço. E limpando-se com ele nosso Senhor, deixou impresso neste sua santa imagem.

Amado Jesus meu, em outro tempo vosso rosto era lindíssimo; mas nesta dolorosa viagem, as feridas e o sangue tem mudado sua beleza. Ah! Senhor meu, também minha alma ficou linda a vossos olhos quando recebi a graça do batismo, mas eu a tenho desfigurado depois com meus pecados. Vós apenas, Oh! Redentor meu, podeis restituir-lhe minha beleza passada: fazendo-o pelos méritos de vossa Paixão.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Sétima estação:
Jesus cai pela segunda vez.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera a segunda queda de Jesus debaixo da Cruz, na qual se lhe renova a dor das feridas de sua cabeça e de todo seu corpo ao aflito Senhor.

Oh! pacientíssimo Jesus meu, Vos tantas vezes me haveis perdoado, e eu tenho voltado a cair e a ofender-vos. Ajudai-me, pelos méritos desta nova queda, a perseverar em vossa graça até a morte.  Fazei que em todas as tentações que me assaltem, sempre e prontamente me encomende a Vós.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Oitava estação:
Jesus consolando as filhas de Jerusalém.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como algumas piedosas mulheres, vendo a Jesus em tão lastimoso estado, que ia derramando sangue pelo caminho, choravam de compaixão; mas Jesus lhes disse: não choreis por mim, mas sim por vós mesmas e por vossos filhos.

Aflito Jesus meu, choro as ofensas que Vos tenho feito, pelos castigos que tenho merecido, mas muito mais pelo desgosto que tenho dado a Vós, que tão ardentemente me haveis amado. Não é tanto o Inferno, o que me faz chorar meus pecados, mas ter ofendido o vosso amor imenso.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Nona estação:
Jesus cai pela terceira vez debaixo da Cruz.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera a terceira queda de Jesus Cristo. Extremada era sua fraqueza e excessiva a crueldade dos soldados, que queriam fazer-lhe apressar o passo, quando apenas lhe restava forças para mover-se lentamente.

Atormentado Jesus meu, pelos méritos da debilidade que quisestes padecer em vosso caminho ao Calvário, dai-me a fortaleza necessária para vencer os respeitos humanos e todos os meus desordenados e perversos apetites, que me tem feito desprezar vossa amizade.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Décima Estação:
Jesus no ato de O despirem e de Lhe darem o fel a beber.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como ao ser despojado Jesus de suas vestes pelos soldados, estando a túnica interior pregada as carnes descoladas pelos açoites, lhe arrancaram também com ela a pele de seu sagrado corpo. Compadece-se a vosso Senhor e diga-lhe:

Inocente Jesus meu, pelos méritos da dor que sofrestes, ajudai-me a desnudar-me de todos os afetos às coisas terrenas, para, que possa eu pôr todo meu amor em Vós, que tão digno sois de ser amado.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Décima Primeira Estação:
Jesus pregado na Cruz.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como Jesus, estendido sobre a Cruz, abre seus pés e mãos e oferece ao Eterno Pai o sacrifício de sua vida por nossa salvação; lhe cravam aqueles bárbaros soldados e depois levantam a Cruz ao alto, deixando-lhe morrer de dor, sobre aquele patíbulo infame.

Oh! desprezado Jesus meu, cravai meu coração a vossos pés para que permaneça sempre ali vos amando e não vos deixe mais.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Décima Segunda Estação:
Jesus morre na Cruz.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como Jesus, depois de três horas de agonia, consumido de dores e exausto de forças seu corpo, inclina a cabeça e expia na Cruz.

Oh! Morto Jesus meu, beijo enternecido essa Cruz em que por mim haveis morrido. Eu, por meus pecados, teria merecido uma má morte, mas a vossa é minha esperança. Eis, pois Senhor, pelos méritos de vossa Santíssima morte, concedei-me a graça de morrer abraçado a vossos pés e consumido por vosso amor. Em vossas mãos encomendo minha alma.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Décima Terceira Estação:
Jesus é descido da Cruz.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como, havendo expirado o Senhor, lhe baixaram da Cruz dois de seus discípulos. José e Nicodemos, e lhe depositaram nos braços de sua dolorosíssima Mãe, Maria, que lhe recebeu com ternura e lhe apertou contra seu peito traspassado de dor.

Oh! Mãe dolorosíssima, pelo amor deste Filho, admiti-me por vosso servo e rogai-lhe por mim. E Vós, Redentor meu, já que haveis querido morrer por mim, recebei-me no número dos que vos amam mais, pois eu não quero amar nada fora de Vós.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Décima Quarta:
Jesus é colocado no sepulcro.

V. Te adoramos, Cristo, e te bendizemos.
R. Porque com vossa Santa Cruz redimistes ao mundo.

Considera como os discípulos levaram a enterrar Jesus, acompanhando-lhe também sua Santíssima Mãe, que lhe depositou no sepulcro com suas próprias mãos. Depois cerraram a porta do sepulcro e se retiraram.

Oh! Jesus meu sepultado, beijo essa pedra que vos encerra. Vos ressuscitastes depois de três dias; por vossa ressurreição vos peço e vos suplico me façais ressuscitar glorioso no dia do juízo final para estar eternamente convosco na glória, amando-vos e bendizendo-vos.

Amo-vos, Oh! Jesus meu mais que a mim mesmo, e me arrependo de todo coração de haver-vos ofendido; não permitais que volte a separar-me de Vós outra vez; fazei que vos ame sempre e dispõe de mim como Vos agrade. Amém.

Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória e a oração: Amado Jesus meu, por mim vais a morte, quero seguir vossa sorte, morrendo por vosso amor; perdão e graça imploro, neste caminho de dor.

Santo Afonso Maria Ligório (1696/1787)
Fundador da Congregação do Santíssimo Redentor / Doutor da Igreja

Fonte: Derradeiras Graças
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: https://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ajude-nos a melhorar nossa evangelização, deixe seu comentário. Lembre-se, no seu comentário, de usar as palavras orientadas pelo amor cristão.

CATEQUESE CRISTÃ CATÓLICA
"Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica"